Dia 18

Último dia…
O último dia é sempre um misto de emoções…

Queremos aproveitar tudo, mas ao mesmo tempo aquela sensação de “não sei quando voltarei aqui…” não deixa aproveitar os momentos que nos restam com a mesma emoção!
Acordei cedinho só para aproveitar as últimas horas no Rio, e fui presenteada com uma manhã de sol magnífica! 😉

IMG_0472.JPG

IMG_0474.JPG

IMG_0476.JPG

IMG_0568.JPG

IMG_0569.JPG

Fui relaxar para a praia e dar aqueles mergulhos de mar de que vou ter tantas saudades!
Sabia claramente quais eram os planos para hoje:
• Praia
• Mergulhos no mar
• Água de Coco
• Almoçar um Mega Açaí c/ Banana e Granola
• Conseguir fechar a mala sem rebentar nenhum fecho! 😉

IMG_0570.JPGIMG_0500.JPGIMG_0499.JPG

Depois da Praia, do Mar e do Côco, fui até à zona da General Osório tratar da última encomenda…
Diogo (@diogofromtheblock), na próxima que queiras mais uma regata, avisa.me antes de domingo, a tempo da Feirinha Hippie 😉
Descobri que às 3ª feiras não há Feira Hippie, mas há uma Feira enorme de Fruta e Legumes.
Com aquela frustração de “não vale a pena comprar nada, porque daqui a nada levanta voo”, passeei apenas no meio das barracas só para sentir o cheirinho da fruta maravilhosa que por lá se vendiam…
Tive de olhar para os diospiros maçã sem lhes tocar!!! Uma autêntica tortura! 😉

IMG_0571.JPG

IMG_0572.JPG

IMG_0573.JPG

Acabei por “tropeçar” numa Barraca Baiana, há quase sempre uma em qualquer feira, e não resisti em comprar uma tapioca.
Já tinha o almoço programado, mas ainda não tinha o lanche! 😉
Reparem como a “neguinha” prepara a goma na hora e ainda coloca em saquinhos para vender!
IMG_0574.JPG
O drama da mala…
Voltei a casa para uma banhoca e com a adrenalina no máximo! Será que a mala fecha? Será que não a vou ter de levar a rebolar até ao aeroporto? 😉
Fechou!
E, surpreendentemente, nem precisei de me sentar em cima dela!
O meu esforço de arrumar tudo com algum critério deu resultados!
Apesar de ter excesso de peso, seguramente!
Não há organização que consiga contornar a lei da gravidade! 😉
Chamei um táxi para o aeroporto e aproveitei o trânsito do Rio para apreciar as últimas paisagens!
Isto não cansa, não cansa mesmo!
IMG_0545.JPG
Aeroporto RIO Galeão
No aeroporto a fila para o Check in era gigante, e eu aproveitei para estudar os cartazes com as taxas do excesso de peso da Bagagem.
Chegou a hora da verdade e eu tinha meia dúzia de quilos a mais, mas a senhora foi simpática e deixou seguir.
Missão 1 – Cumprida com sucesso! 😉
Faltava agora o controlo Pré embarque.
Na mochila, para além do portátil, do carregador do iPhone e de um par de sandálias (que não couberam mesmo na mala principal) trazia o seguinte menu:
• Tapioca de Frango
• 2 Maçãs
• Sandes no Pão Árabe de Alface Tomate e Fiambre de Perú
• 2 Barras de Amêndoa e Côco
• Bolachas Integrais de Castanha e Caju
Não sei se abusei. Mas tendo em conta que entrei no aeroporto as 16:00, ia fazer escala as 09:40 e só chegava ao destino as 11:45, identifiquei logo 1 Lanche + 1 Jantar + 1 Pequeno Almoço + 1 Lanche da
Manhã, no mínimo! 😉
E não confio nada nas comidas do avião…
IMG_0556.JPG
Deixaram passar tudo! Excepto um garfo metálico que me esqueci de tirar da mochila! 😉
Chamaram me à atenção e pediram o meu cartão de embarque para por lá uma indicação qualquer.
Acho que fui referenciada como uma eventual terrorista! 😉
Apesar de ter quase 2 horas até embarcar, resisti a tudo das freeshops (inclusivamente aos MEGA Kinders que estavam em promoção) e fiquei tranquila a ver as movimentações do aeroporto e o pôr de sol fantástico que se assistia no Galeão.
Rio sempre mágico! Até na hora da despedida…

IMG_0565.JPG

O regresso… 

O primeiro contacto com o frio foi mesmo no avião!
Nossa!
Que ar condicionado gelado!
Usei a minha manta nas pernas, e a manta do vizinho (do lugar ao lado que estava vazio) sobre os ombros…
Toda eu era uma manta polar vermelha! 😉
Como já devem ter percebido, o meu conforto em andar de avião é mínimo! Morro de medo de voar!
Também não sei porquê, mas nas viagens que partem do Rio, o avião “treme” várias vezes, e a conversa de “a turbulência é super normal” a mim soa me sempre a um pronuncio de alguma desgraça…
Conclusão, nestas viagens longas tomo a pastilhinha “mágica” e durmo como uma pedra a viagem quase toda! 😉
Acordei esfomeada, quase a aterrar, e ataquei um dos meus lanches!
Depois foram aeroportos, flights connections, mais um controlo de bagagem de mão, mais um voo, mais uma recordação no RIo na revista do avião…

IMG_0597.JPG

A espera da mala…
Acabadinha de aterrar em Portugal, fui para junto do tapete à espera da mala…
E que mala! A malona! Aquela que veio com 30kg!
Encaixei a malona, a mala de mão e a mochila no carrinho e segui rumo “Nothing to Declare”…
Estava um bocadinho preocupada que me mandassem abrir a mala e implicassem com a quantidade de roupas de ginásio que trazia…
E eu nem comprei assim tantas! 😉
O problema foi que já levava muitas de Portugal!
Apostei no meu ar mais confiante, e fui em direcção às feras (leia se, “fiscais” alfandegários) 😉
Estou a passar por eles, quase de olhos fechados, quando ouço a chamarem me mesmo ao meu lado…
Pensei:
“Mas agora no controlo da alfândega, para além de saberem de onde vimos, também já têm acesso ao nome dos passageiros??”
Durante 2 segundos tremi e depois sorri de alívio!
Uma das fiscais é amiga da minha mãe!
Perguntou me pela viagem e mandou cumprimentos à família! 🙂
Agora sim estou pronta para o abraço da irmã, os mimos dos avós, os beijos dos pais e os sorrisos sinceros das amigas!
Tem que viver para valer!
Foi uma viagem mágica!
Cheia de emoções, de momentos inesquecíveis, porque só assim é que as coisas valem a pena.
Este é um dos meus lemas: “Tem que viver para valer!”
Obrigada Rio por me acolheres tão bem!
Prometo voltar muito em breve! 😉
IMG_0475.JPG
#missFITteam

3 thoughts on “Dia 18

  1. @catarina.aka.panda says:

    Estava a ler e a pensar que todas as férias que fiz (Londres, Nova Iorque e Paris) foram de 5 dias, com o marido, sempre a andar. Deve ser muito bom e uma aventura fazer férias sozinha, três semanas, chegar e inscrever no ginásio, ver a vida como um local e não turista… Obrigada pela partilha.

  2. Sonia Rodrigues says:

    uau…fantástica descrição dos momentos que viveu pelo RJ. . .
    resolvi abrir o inst no pc e coloquei-me a ler os teus post´s desde o início…. podes não acreditar mas estou desde as 18.00 (fiz uma paus estratégica para comer e alimentar a minha cria (A Maria) vidrada no pc a ler as tuas histórias…é fantástico. Por momentos pareceu-me que estive no Brasil.

    parei só para te dar os parabéns pelo teu blog…

    adoro a tua forma de escrever…. mt porreiro

    bjocas e bons treinos

    • MissFIT says:

      Olá minha querida…
      Tinha imensos comentários que nunca tinha visto aqui no Blog…
      Hoje estou a tentar actualizar-me… 😉
      Ainda bem que consegui passar um bocadinho da minha “aventura” no Rio..
      Amo aquela cidade e já estou a morrer de saudades…
      Beijinho

Deixar uma resposta