#eusoucapaz

AUTOR: @anaffbatista

EMAIL: afferreirabatista@gmail.com

 

 

 

Altos e Baixos

 

O meu nome é Ana Filipa e tenho actualmente 17 anos.

 

Sempre fui uma menina gorda e pouco ligada ao exercício físico.

 

O meu primeiro “ponto de rotura” foi com apenas 13 anos, em que, com 1,50m de altura, cheguei a pesar 68kg.

 

Percebi, nessa altura, que tinha de lutar por mim, porque não era feliz com o meu corpo, e porque estava a prejudicar a minha saúde.

 

 

 

No dia 1 de Janeiro de 2012 comecei o percurso mais difícil da minha vida.

 

Já tinha tentado tantas vezes antes que eu própria já não acreditava que fosse capaz, mas, a partir daquele dia, eu decidi que iria surpreender-me a mim própria.

 

Lutei e venci.

 

Ao fim de cerca de 5 meses de uma dieta saudável e de exercício físico, perdi 15 kg e mais tarde perdi mais 2,3 kg.

 

Atingi um peso ideal de 50,7kg e estava radiante porque não só tinha aprendido a comer de forma saudável e cuidada mas também tinha começado a praticar exercício.

 

 

Estava verdadeiramente feliz e orgulhosa da minha conquista.

 

Mantive o meu peso entre os 50,5kg e os 51kg durante 1 ano e meio, até que, ao fim desse tempo, aconteceu o pior que podia ter feito:

 

Deixei de praticar exercício e, embora tenha continuado a ter hábitos de alimentação saudável, isso não foi suficiente.

 

Comecei a engordar e sentir-me cada vez pior comigo mesma…

 

 

 

Acho que ao início não dei conta de nada, nem sequer percebi o que estava a acontecer comigo. Só quando olhei realmente com atenção para o espelho e vi os números na balança é que me apercebi do que se estava a passar.

 

 

 

Durante este último ano andei a navegar. Fui muito feliz e tive momentos muito bons, mas faltava-me sempre algo para completar essa felicidade, algo que eu sabia o que era… a minha auto-estima, que no meio de tudo isto se voltou a perder.

 

 

 

Engordei imenso e não soube lidar bem com isso. O stress gerado pelas várias obrigações que tinha e pelo facto de me sentir novamente a “afundar” dificultaram ainda mais a situação. Senti-me fraca várias vezes, e sempre muito desiludida comigo mesma. Passei por momentos de conflito interior e senti-me inútil por não estar a conseguir reverter nem travar a situação. É muito difícil assumir que voltámos a cair quando antes nos desafiámos numa luta e, de certa forma, a vencemos. É preciso coragem para admitir que estamos no fundo novamente e para nos começarmos a levantar outra vez.

 

 

 

Como referi, durante este último ano não consegui ter essa coragem. A nível emocional a situação perturbou-me bastante e não tive capacidade de a travar, e isso magoou-me bastante, não ter conseguido fazer nada para impedir, sobretudo já tido eu provas que é tudo uma questão de mentalidade, de formatarmos a nossa mente para o que realmente é preciso

 

 

 

05 de Julho de 2015 – Hoje é o dia!

 

Amanhã é dia  6 de Julho de 2015. Este fim-de-semana reflecti muito sobre aquilo que preciso para realmente me voltar a sentir bem comigo mesma, e preciso desta mudança!

 

 

 

Acho que neste fim-de-semana reencontrei a coragem que perdi durante tempo demais.

 

Sei que vou ser capaz, porque já o fui uma vez e tenho objectivos definidos.

 

Atingi um peso de que me envergonho e que me entristece e não quero ficar sem lutar por mim, por isso vou lutar por mudar a imagem que vejo hoje no espelho e que me atormenta, tal como se amanhã fosse o dia 1 de Janeiro de 2012, mas com a diferença de que desta vez é para sempre.

 

 

 

Acredito que no final poderei dizer que as conquistas mais difíceis são aquelas que mais nos orgulham, e que tudo valeu a pena.

 

Muito foco, esforço, dedicação, persistência, confiança e força de vontade.

 

Esta é uma luta para a vida, porque depois do peso perdido, ainda há um corpo para tonificar e um grande objectivo pela frente… pertencer à #missfitteam!

 

 

 

PS-Vou registar em fotos semanalmente a evolução do meu corpo. Prometo partilhar com vocês assim que chegar ao meu objectivo.

 

 

 

@anaffbatista

8 thoughts on “#eusoucapaz

  1. @sandrrrrrinha says:

    Minha querida, o teu post emocionou me…. És muito dura contigo, há tantas pessoas mais velhas que não sabem lidar com o stress, quanto mais tu que ainda és tão novinha… Queremos ver o teu progresso e cá estaremos para te incentivar, sempre… Não somos só o que comemos, também somos o que pensamos… Esse primeiro dia da tua vida tem que começar com o detox, e não estou a falar de um sumo verde!!! Estou a falar de um detox da alma e do coração, liberta te do passado e da culpa e segue!!! Estou Aqui para o que der e vier!!! Um grande grande beijinho

  2. aesperaparavoar says:

    @sandrrrrrinha obrigada por todo o apoio! Desde a #missFIT que desde do momento em que lhe enviei o primeiro e-mail me deu muito apoio, até agora que a minha partilha é “pública”, tenho sentido que realmente está na hora de mudar, incluindo os sentimentos menos felizes que guardei comigo neste ano “a navegar”. O caminho não será fácil, mas vou dar sempre o meu melhor! Obrigada, de coração,Ana Filipa.

  3. Maria says:

    Ana,Também vivo um pouco a consequência de uma fase mais intensa a nível profissional e menos boa a nível pessoal. Tenho 1,62 m e já estou nos 66 kg, mesmo fazendo exercício 2 ou 3 vezes por semana.A #missfitteam é sem dúvida uma inspiração maravilhosa. Não há dia que não venha aqui e ao instagram ver as novidades.Vamos lá… juntas vamos conseguir! 😉

  4. aesperaparavoar says:

    Agora que tomei mesmo realidade das “coisas” e que apanhei um “grande balde de água gelada” percebo que a melhor forma de fazer as pazes comigo por este ano “a navegar” é lutar para ver no espelho a pessoa que eu quero ver, como me sinto bem. Tenho a certeza que com muita persistência e foco vamos conseguir! Beijinho

  5. claudia says:

    Eu tambem antes nao passava dos 55 kg;depois de me juntar com o meu marido a mae dele via k nao tinha cinta eu fazia 38 de calça entao na hora de comer queria que eu comesse entao para nao ficar mal comia e pasei dos 55para77 ate tenho vergonha de dizer depois tive o rapaz um proceso complicado com a gravidez entre idas ao hospital por causa das tençoes e retençao liquidos.e logo a seguir tive k ser internada varias vezes e sendo operada duas vezes tudo a seguir a gravidez o meu filho tinha 1mes ja tive k deixar de dar leite. Mas e por isso k digo isto k queria voltar a ser o k era por isso preciso da vossa ajuda eu sou de viana mas eu fazia exercisio em casa podes me ajudar @ missfit

  6. Ana says:

    Temos a mesma idade e sinto-me exactamente como tu. Já tentei tantas vezes e algumas delas com muito sucesso mas mais tarde ou mais cedo,nem sei bem porquê,acabo por desistir e sei que isso não pode voltar a acontecer. Eu decidi que neste verão ia mudar a minha vida para sempre e com altos e baixos as coisas têm acontecido. Força,sei que és capaz!!

  7. Helena says:

    Espero que estejas a conseguir alcançar os teus objetivos. Muito foco, dedicação e disciplina e vai tudo ao sitio, vais ver.Ansiosa para ver os teus resultados. Beijinhos e força nisso!!

Deixar uma resposta