#hairstyle

Coisas de meninas
Qualquer “miúda” que se preze tem cuidados com a pele, com as unhas, com os cabelos…
Gastamos pequenas “fortunas” em produtos de beleza: cremes, loções, tratamentos… e temos uma fatia “considerável” do nosso orçamento familiar reservado para as nossas amigas e confidentes cabeleireiras, esteticistas, maquilhadoras…
Apesar dos variadíssimos assuntos que podíamos abordar dentro desta temática, hoje o post é dedicado aos cabelos.

“Couro e Cabelo”
Ter uma boa “cabeleira”, sempre cuidada e de boa saúde, nem sempre é fácil…
A minha experiência pessoal diz-me que a dificuldade em manter um cabelo bonito é proporcional ao seu comprimento.
O meu cabelo, actualmente, “bate-me” a meio das costas.
Está grandinho, mas eu gosto dele assim.

12027522_10205106639609780_2473791416855217311_n.j

Com o número de treinos que faço por semana, muitas vezes bi-diários, tento ter alguns cuidados para mantê-lo bonito e saudável.
Não sendo nenhuma especialista nesta matéria, mas porque muitas meninas me perguntam no Instagram que produtos uso e quantas lavagens faço, deixo-vos ficar aqui algumas “dicas” que tento seguir na minha rotina semanal.

1- Não lavar o cabelo mais do que 1 vez por dia
Eu lavo o cabelo todos os dias…
Muita gente diz que é demais, que não devia lavar tantas vezes, mas com o número de treinos que faço e com um cabelo fino e com tendência a ser oleoso como o meu, não me restam grandes alternativas.

– “E nos dias em que treinas duas vezes?”
Nos dias em que faço treinos bi-diários a regra mantém-se…
Passo a explicar.
Em regra, treino de manhã cedo e ao fim do dia, ou então ao almoço e ao fim do dia.

A- Treino manhã + Treino fim do dia
Quando o primeiro treino é logo de manhã, antes de ir trabalhar, a tarefa é simples.
Saio de casa equipada, treino, e lavo o cabelo quando tomo banho antes de me vestir em “modo executivo” para ir trabalhar.
Se volto ao ginásio ao fim do dia, amarro o cabelo durante o treino, com uma trança ou com um simples “rabo de cavalo”, para ficar o menos possível em contacto com a pele, e assim evitar uma segunda lavagem.

IMG_3295.JPG

IMG_3296.JPG

Como, geralmente, saio do ginásio directa para casa e poucas horas depois estou a dormir, não sinto necessidade de ficar com o cabelo tão perfeitinho.
Consigo aguentar o cabelo como está, e só o lavar no dia seguinte.
B- Treino ao almoço + Treino fim do dia
Estes dias são um bocadinhos mais problemáticos e exigem um bocadinho mais de imaginação…
Dificilmente consigo sair de casa de manhã sem lavar a cabeça.
Ás vezes o cabelo nem está sujo, mas acho sempre que está com a forma da almofada e não está com aquele “jeitinho” que eu gosto.
(Coisas de gaja…)
Por isso, quando treino ao almoço, 99% das vezes já lavei o cabelo de manhã.
O que fazer?
Amarrar o cabelo durante o treino e evitar fazer grandes volumes de cárdio ou de exercícios que nos fazem transpirar mais.
No final, e depois daquele duche rápido, quase sempre a correr porque a hora de almoço é curta, enxaguar ligeiramente com a toalha e dar-lhe um “jeitinho” de forma a que ele aguente a tarde de trabalho.
(Sou fã de “ganchinhos”… Um ou dois ganchinhos colocados no sítio certo, podem ser os melhores aliados da mulherada! 😉 )

2- “Investir” em produtos de qualidade
Neste caso a palavra “investir” não é inocente…
Os produtos bons, são caros. Mas fazem a diferença.
Nunca usei champôs secos, nem sei muito bem como funcionam.
Uso um champô de aplicação normal e não dispenso o condicionador e uma máscara.
A minha marca de eleição é a Senscience.
Foi-me recomendada pela minha cabeleireira e, apesar de serem manifestamente mais caros que os champôs de supermercado, deixam os meus cabelos muito mais cuidados.
Para cabelos finos, lisos e com tendência a oleosos são recomendados produtos destas linhas, que são os que uso actualmente:

– Senscience Pro Formance BOOST – Champô

1.png

– Senscience Inner Restore Intensif – Máscara
2.png

– Senscience Volume – Champô + Condicionador
senscience_volume_kit_shampoo_1_litro_condicionado
Cada um destes produtos (300ml) ronda os 20€ e duram-me, mais ou menos, 2 meses com utilização diária.

Não sei onde se vendem, nem se estão disponíveis online, porque compro sempre no cabeleireiro.

3- Mimar o cabelo com profissionais
Não há dúvida que cada um é “mestre” na sua área, mas umas são mais “mestres” que outras! 😉

Eu já tive a sorte de me cruzar com duas cabeleireiras super profissionais e cheias de valor, que recomendo sem qualquer tipo de publicidade encomendada ou comissões 😉

    • Look Make up | Hair:

http://www.lookmakeuphair.com/

         Avenida Fernão Magalhães, 1965, lj. 1.15

         Antas – Porto

info@lookmakeuphair.com

180876_199544460056171_6815455_n.jpg

    • Mafalda Perfeito:

https://www.facebook.com/Mafalda-Perfeito-Hair-Stylist-184901158198276/info?tab=overview
Rua do Ouro 430
4150-553 Porto
mafaldaperfeito@hotmail.com
12046738_996909496997434_2988948622177897859_n.jpg

Faço questão de, pelo menos, três vezes por ano fazer uma visita ao cabeleireiro para “mimar” o cabelo.
Ou com um “shot” de força, ou um tratamento de hidratação ou com aquele corte básico de “aparar só as pontinhas” que deixa o cabelo mais forte e bonito.
Se conhecerem outros produtos e truques para manter estas cabeleiras perfeitas, partilhem!
@missFIT.insta

5 thoughts on “#hairstyle

  1. Ana Guimarães says:

    Eu sofro do mesmo mal de ter de lavar muitas vezes o meu longo (abaixo do meio das costas) cabelo. Tenho sempre de o lavar porque, com a corrida, suo imenso do couro cabeludo…os produtos que uso são da Davines – champô e máscara – duma linha de cuidados diários. Gosto imenso porque não têm sal e são super neutros. Para complementar, uso oleo de argan nas pontas e um spray condicionador.

  2. Ana Guimarães says:

    Humm, acho que só em cabeleireiros…o spray e o óleo encontras bem na Hair & Body. No meu cabeleireiro tem..mas é em Braga 😉

  3. Ana Guimarães says:

    Para quem estiver interessada, aqui vendem senscience e entregam em Portugal gratuitamente para encomendas acima dos 21 €http://www.beautybay.com

Deixar uma resposta