#madrid me mata

A “aventura” Madrid passou a correr.

Ainda “ontem” deixava o Porto angustiada e de coração apertadinho, e já estou de volta ao meu dia a dia, de muita correria e muitos mimos.

Foram semanas inesquecíveis que tentei viver ao máximo, ajustando as minhas rotinas (treino, alimentação…) mas sobretudo aproveitando tudo o que a experiência de viver noutro país (ainda que temporariamente) nos pode dar.

Madrid é uma cidade que tem uma “movida” incomparável!

Os Madrilenos vivem “na rua”!

Faça chuva, faça sol, faça frio (e faz! Muito!)

Ruas sempre movimentadas, restaurantes e “terrazas” sempre cheios…

IMG_3029

Madrid é profissional em aproveitar tudo o que a cidade tem para oferecer!

Acho que foi este ritmo “frenético” e predisposição para viver intensamente que me fez apaixonar pela cidade!

Não fui para Madrid em “modo turismo”.

Fui em “modo trabalho” com todas as restrições de horário e responsabilidades que isso implica.

Mas aproveitei imenso!

Os fins de semana “alargados” que começam às sextas-feiras às 15h00 da tarde, foram explorados ao máximo.

 

A sair às 15h00, também eu!” – Pensam alguns de vocês…

 

Nada disso!

Deixei-me “desmistificar” a ideia de que os Espanhóis trabalham pouco e que estão sempre em “fiesta”…

Não. Os Espanhóis não dormem a “siesta” a seguir ao almoço e trabalham que se fartam durante a semana.

Chegam cedo à empresa (quase sempre antes das 09h00), fazem um pausa muito curta para almoçar e saem por volta das 18h30 – 19h00.

Não perdem muito tempo com “conversa fiada”…

Fazem as suas pausas, tomam o seu café, mas trabalham seguidinho e de forma intensa.

Confesso que, habituada a fazer uma pausa mais alongada ao almoço (onde, inclusivamente, até aproveito para treinar) os primeiros dias foram muito duros e cheguei ao fim do dia KO.

 

“Mas então explica-me porquê que as lojas que estão sempre fechadas ao início da tarde?”

 

Simples! As lojas fecham a seguir ao almoço, porque ficam abertas até bastante mais tarde (21h00-22h00 da noite).

Os Espanhóis saem do trabalho e não se enfiam logo em casa.

Vão para as ruas, passeiam, fazem compras…

O comércio fecha durante as “horas mortas”, em que todos estão a trabalhar, para dar resposta à agitação que invade as ruas ao fim do dia…

 

Conclusão:

Acho que as minhas costelas do “não saber estar quieta”, de “querer aproveitar tudo” e de “passar pouco tempo em casa” são Madrilenas! 😉

 

O que visitar…

Não me atrevo a fazer um TOP 10 Madrid, porque isso seria uma injustiça para os “spots” número 11, 12, 13,…

Deixo os TOP para os guias turísticos e, deixem-me que vos diga, fiquei muito desiludida com os vários guias que consultei…

Há lugares incríveis que não são referidos por ninguém.

E se, por um lado, ainda bem, por outro, são locais que merecem mesmo a nossa visita e que, na minha opinião, valem mais a pena que outros lugares turísticos tão “atulhados” de gente.

Deixo-vos os meus lugares de eleição!

Aqueles que me deixaram mais saudades e que vou querer voltar a visitar numa próxima oportunidade!

 

Parque de El Retiro

Um lugar obrigatório numa visita a Madrid.

Pela beleza, pelo ambiente, pelo movimento…

Não fiquem apenas pela zona do Lago com os barcos a remos, mas sigam até ao Palácio de Cristal e se puderem e gostarem, aproveitam para dar uma corridinha ou, simplesmente, um passeio a pé ao longo do parque…

Correr no Retiro: http://blogs.womenshealth.pt/missfitteam/running-el-retiro/

12782382_10205877190673075_1092171532_n12769439_10205877176792728_1150614021_n (1)IMG_6188

Não se esqueçam de passar pela Puerta de Alcalá, mesmo à entrada do parque, e fazer um foto deste ícone Madrileno! 😉

12721843_10205877191513096_1766130850_n

Cibeles

Se gostarem de futebol como eu, olham para a Plaza de Cibeles e recordam-se dos festejos do Real de Madrid! 😉

IMG_9833

O edifício de Cibeles é a antiga sede dos Correios de Madrid e vale a pena a visita pela beleza da estrutura em si, e pelas vistas da cidade que se consegue desde a “terraza”.

Para subir até ao mirador precisamos de pagar 2€, mas as vistas merecem!

Eu aproveitei vista para descer desde o terraço até à saída pelas escadas e visitar todos os pisos do edifício.

IMG_1121 IMG_1122

IMG_1234

 

Templo de Debod

Fica no Parque del Oeste, perto do Palácio Real e da Praça de Espanha, e é um dos melhores locais para se passar um “sunset” num dia de sol.

As vistas para o Palácio e para a Catedral de Almudena são muito bonitas e as fotos do Templo no “lusco-fusco” ficam mágicas…

IMG_9167 IMG_9220

Lago da Casa de Campo

Madrid não tem mar, mas tem lagos e rio…

Apesar de não servirem para mergulhar nos dias mais apertados de verão, servem para dar passeios maravilhosos com paisagens de corta a respiração.

O lago da Casa de Campo é um lugar que merece a nossa visita, pelas vistas, pela grandeza e pela natureza que o rodeia.

É a impressionante a quantidade de aves que anda por ali.

IMG_8130

Madrid-Rio

Eu, ignorante me confesso, já tinha estado duas vezes em Madrid em turismo, e em nenhuma delas tinha visitado a zona do rio…

Falha grave!

Desde a zona da Ponte de Segóvia, passando pela Pasarela de la Arganzuela até à zona do Matadero, este passeio junto ao rio vale muito a pena…

12769389_10205877780167812_21964515_n

IMG_6509

IMG_6623IMG_6433

Cerro del Tio Pío ou Parque de las 7 Tetas

Deve ser o sítio menos turístico de todos os que referi, mas foi um dos que mais gostei!

É um parque pequeno, junto a uma zona residencial, que se caracteriza pelos seus 7 montes, de onde temos umas vistas incríveis de toda a cidade.

Escolham um dia de sol ou aproveitem as vistas do anoitecer. É mesmo muito bonito.

IMG_2679     IMG_2809 IMG_2838 IMG_2856

Plaza del Sol

Provavelmente a praça mais movimentada de Madrid.

Independentemente da hora ou do dia está sempre cheia de turistas entusiasmados a fotografas o “km 0” ou a publicidade do Tio Pepe…

Vale a pena passear pelas ruas nas imediações da praça, perfeitas para fazer compras ou comer uns petiscos.

IMG_2521

Incluir no roteiro…

Claro que não devem deixar de Passar pela Plaza Mayor, pela Gran Via, pelo Palácio Real e pela Catedral, pela Ópera, pela Praça de Colón…

Por fazer uma pausa no Mercado de San Miguel ou de San Antón…

Ir às compras na zona da Chueca e Malasaña ou, para os bolsos mais recheados, à Calle Serrano…

Quem gostar de Museus, reserve pelo menos 2 dias inteiros para explorar o Museu da Raínha Sofia, o Museu do Prado, o Museu Thyssen…

Se preferirem exposições e museus menos movimentados, aconselho a visita ao Museu ABC, Fundação Telefónica e Caixa Forúm.

IMG_8600

IMG_3067

IMG_0980

IMG_6813

Quem quiser saber de bons locais para petiscar, comer bem, ou simplesmente passar um bom bocado, espere pelo próximo post e não se vai arrepender! 😉

Vou-vos contar tudo sem esconder nada: comida saudável e petiscos muito pouco “lights” mas que não devem perder!

 

Vuelvo pronto!

@missFIT.insta

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s