#MACDONALD MONCHIQUE

#E o Algarve aqui tão perto

Pertenço à geração que passou uma infância a sonhar com as férias no Algarve, os dias de calor na praia, aquelas duas semanas em que comer gelados todos os dias era permitido.

Lembro-me da ansiedade dos dias antes das viagem, da preparação das malas como se fosse viajar para o outro lado do mundo e das “lancheiras” recheadas de coisas boas para o grande dia.

A viagem para o Algarve era longa!

Implicava madrugar, sair do Porto quase sempre ainda de noite, a tempo de almoçar em “modo picnic” debaixo de uma Sobreiro junto à estrada a meio do Alentejo.

“Já chegamos? E agora? Já chegamos?”

Os meus pais devem ter ouvido estas perguntas imensas vezes, sempre que acordávamos expectantes no banco de trás do carro.

“Estamos quase!” respondia a minha mãe.

“E quando chegarmos ainda te deixo dar um mergulho na piscina!”

Era tudo o que precisava de ouvir para ficar caladinha durante mais uma dezena de quilómetros! : )

A viagem de quase 8 horas, prolongada pelas filas na Estrada Nacional quando apanhávamos a mudança de quinzena, passou para menos de 5! E eu só tomei consciência disso no último fim de semana, quando escrevi no GPS Origem: Porto – Destino: Monchique e ele me apresentou: Faltam 04h53min até ao seu destino.

Passar um fim de semana no Algarve, algo totalmente impensável há uns anos atrás, é agora um programa perfeitamente razoável e muito apetecível!

Com vontade de relaxar e recarregar baterias, aceitei o convite do Macdonald Monchique e fui!

#Relax and Recharge

O Macdonald Monchique fica no Algarve, mas num Algarve mais “rústico”.

Localizado em plena Serra de Monchique, no meio da natureza e tranquilidade algarvia, proporciona-nos experiências únicas e uma sensação de bem estar difícil de encontrar nos destinos mais turísticos do sul.

O resort está equipado de forma a proporcionar a todos os hóspedes um alojamento especial.

Com uma arquitetura moderna e acolhedora, prima pelo “staff” simpatiquíssimo e sempre disponível, preocupado em garantir que tiramos o maior partido possível de todas as instalações.

O Macdonald Monchique tem piscina exterior, piscina interior aquecida, lounges e terraços espalhados pelos quartos e espaços comuns e imensas opções de refeição que vão desde uma Pizzaria, até ao Restaurante “Mon-Chic” com refeições preparadas pelo Chefe Luís Batalha.

E o SPA?

Até eu, que não sou especialmente fã de SPA e de programas de relaxe me rendi.

Estipulei que o fim de semana seria de descanso e dedicado ao meu bem estar, e o SPA do Mcdonald Monchique não desiludiu.

O espaço é muito bonito e convida à visita. Moderno, calmo, com acesso limitado de pessoas, conquista pelo design e por todas as experiências sensoriais que nos proporciona.

 

Quis experimentar tudo! A piscina, o jacuzzi, o turco, a sauna, os banhos de água quente e fria, até o tratamento de gelo!

E o tempo passou a voar.

Deu para relaxar, conversar muito, pôr a cabeça no sítio e mimar o corpo : )

[Devia lembrar-me mais vezes de parar, respirar fundo e cuidar de mim…

Sempre que o faço, sinto uma enorme diferença na energia dos dias seguintes! ]

#Activate Breathwork

Fazia parte do programa de fim de semana no Macdonald Moncoque uma experiência chamada de “Activate Breathwork”.

Desconhecia totalmente o conceito e não fazia a mínima ideia do que esperar.

A única indicação que me tinha sido dada era a de que não devia comer muito antes da sessão, porque era totalmente desaconselhado fazer a experiência de estômago cheio.

Curiosos? Também eu estava!

A sessão estava marcada para as 10h30.

O Martin (Irlandês) e a Elisangela (Brasileira), os orientadores da sessão, estavam à nossa espera com um ar muito calmo e sereno.

A sala estava preparada para a experiência começar: escura, com um temperatura agradável, com colchões e mantas geometricamente distribuídos, tudo para o máximo conforto.

Começaram por se apresentar e explicar como é que esta “terapia respiratória” tinha mudado as suas vidas.

As expectativas eram elevadíssimas!

Prometiam mudar a forma como víamos o mundo com apenas uma sessão.

Eu desconfiei… Desconfio sempre.

Sou demasiado pragmática para me deixar levar por experiências deste tipo. Mas resolvi iniciar a sessão de mente aberta e preparada para tirar o máximo potencial dela.

Começamos por escrever num papel situações e/ou nomes de pessoas das quais nos queríamos libertar. Em paralelo, escrevemos também desejos e/ou vontades que queremos realizar na nossa vida.

A sessão foi passada de olhos fechados, a controlar a respiração “ventral” ao rimo das músicas que o Martin tinha preparado.

Foram quase 3h assim…

Desliguei.

Mas também adormeci…

Não fui capaz de me concentrar na respiração e nos pensamentos positivos o tempo todo.

Senti-me mais leve a determinadas alturas. Senti também a importância de “desligar” do mundo e focar o nosso pensamento no que queremos para nós.

Mas não passei a ver a vida de forma diferente.

Foi um fim de semana importante para descansar, desligar do mundo e matar saudades dos dias mais tranquilos.

A “meditação” serviu para clarificar e relativizar algumas coisas. Mas ainda tenho muito que evoluir.

Vou tentar usar as técnicas de respiração que aprendi para me concentrar mais no meu interior e “treinar” a minha mente com mais frequência.

Um beijinho,

@missfit.insta

[  Têm todas as informações sobre o Hotel e o Activate Breathwork aqui:

https://www.macdonaldmonchique.com/pt-pt/

https://www.activatebreathwork.com/  ]

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s