#3º TRIMESTRE

“Passou tudo tão rápido…”
Deve ser a percepção mais comum das futuras mães quando chegam a esta recta final da gravidez.
Passou mesmo!
Não dei pelo tempo passar entre a semana 20 e a semana 29. E depois de quebrar a barreira da semana 30, quase desejei que o tempo abrandasse, para poder aproveitar ainda melhor o tempo que nos resta antes de ter a Baby A. nos braços.

Passadas 37 semanas, o balanço não podia ter sido mais positivo!
A gravidez tem sido “santa”, sem chatices de maior ou grandes incómodos. Pude usufruir com muita tranquilidade de todos os bocadinhos.

A barriga, a partir das semana 33 deu um valente salto!
Cresce a olhos vistos a cada dia que passa, na mesma medida a que cresce a vontade que sinto em conhecer a abraçar pela primeira vez a Alice.

O cansaço também deu um salto…
Fui obrigada a “abrandar” à semana 35:
As noites são menos bem dormidas, a azia piorou ligeiramente, a agilidade de movimentos é bastante menor e a pressão que sinto na zona pélvica, obriga-me a descansar mais vezes ao dia.

A logística da mudança de casa exigiu demasiado de mim.
Comecei a trabalhar de casa, reduzi os treinos (sobretudo as caminhadas…), continuo com alguns treinos de força, mas muito adaptados e sempre acompanhados pela Sara (@sararochapt) e mentalizei-me que as semanas que faltam são para aproveitar a dois, com muita tranquilidade!

Babymoon
Consegui aproveitar, neste último trimestre, uns dias a dois com o P.
“Fugimos para Menorca na semana 28 e namorámos muito durante quinze dias!
Andei de avião, fiz algumas caminhadas para chegar às praias, passeamos pela ilha, sempre ao meu ritmo e com períodos de descanso maiores que os habituais.

É um destino que aconselho a futuras mamãs com mais ou menor o mesmo tempo de gravidez com que eu fui:

  • É perto. A viagem da avião não é muito demorada nem cansativa;
  • Tem praias lindas com acesso facilitado;
  • A alimentação é variada e semelhante à nossa;
  • Tem cuidados médicos adequados, caso tenhamos alguma surpresa.

Deixei-vos várias dicas sobre a viagem a Menorca no “destaque” Babyboom no Instagram, com informações para todos, estejam, ou não, à espera de bebé!
https://www.instagram.com/stories/highlights/18055818151126903/?hl=en

Ecografia Emocional
Foi no 3º Trimestre que tivemos oportunidade de “conhecer” a nossa bebé.
De ver a sua carinha com mais definição e de tentar descobrir expressões e alguns traços e parecenças com a M.(ãe) e o P.(ai).

Dizem que o narizinho é meu e que a boca é do P.
Eu só consegui perceber que a Alice também não é muito fã de câmaras e lentes!

Foi precisa toda a paciência da querida Sara da Mami 3D 4D para a apanhar desprevenidas e conseguir espreitar um bocadinho da carinha dela. E quase sempre com a mão à frente! 🙂
É uma emoção vermos a nossa bebé com mais detalhe pela primeira vez! É o contacto mais próximo que temos com ela até o momento do parto.
Na Mami 3D 4D, podemos agendar uma ecografia emocional e levar os familiares mais próximos.

https://www.mami4d.pt/

Eu e o P. decidimos que queríamos que fosse um momento só dos papás, mais íntimo. Mas como, no final, nos disponibilizam todas as imagens da sessão, acabamos por partilhar tudo com a família. As avós adoraram! 🙂

Fase de Mudança
As últimas semanas foram bastante intensas.
Sinto que a partir da semana 35 tudo ‘foge’ do nosso controlo.
Apesar do ‘timing ideal’ para a bebé nascer ser a partir da semana 37, comecei a sentir que podia acontecer antes, e a preocupar-me por não ter a certeza que já tinha tudo tratado:

  • Curso de preparação para o Parto;
  • Visita à maternidade com o P.(ai);
  • Quarto da Alice de Lisboa e Porto;
  • Mala da Maternidade da mãe e da bebé;

Obriguei me a respirar fundo e a pensar num dia de cada vez!
Com muita calma, mudámos de casa e montámos os quartinhos!

Fiz o Curso de Preparação para o Parto em Lisboa, com a querida Enfermeira Cármen (@enf.carmenferreira), na Clínica da Criança e do Adolescente.
http://www.clinica.com.pt/

E ainda frequentei alguns dos Workshops gratuitos do Hospital CUF Descobertas.
https://www.saudecuf.pt/cuf/eventos/workshop-para-gravidas-e-pais-descobertas-2019

Apesar de ter noção de que nunca vamos saber tudo, foram importantíssimas todas as noções que ganhei sobre o trabalho de parto, amamentação, 1.ºs cuidados com o bebé!
Só depois do curso é que me senti capaz de preparar a mala de Maternidade.
Percebi o que é, de facto, imprescindível e o que devemos levar connosco para maior conforto da mãe e da bebé!

Entretanto mudei-me para o Porto “definitivamente”.
Como tenho partilhado com vocês, a minha gravidez tenho sido acompanhada no Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos, do qual tenho as melhores referências e a melhor experiência.

O profissionalismo e o cuidado com as futuras mamãs é enorme, e a simpatia de todos os profissionais de saúde também!
Já visitámos o Serviço de Obstetrícia e ao Bloco de Partos do Hospital e gostávamos muito que a Alice nascesse lá.

Vou ficar pelo Porto a aguardar, serenamente, o momento.

Infelizmente, durante as próximas semanas (?), vamos ficar longe do P.(ai) que fica em Lisboa a trabalhar…
Já combinamos, que ao primeiro sintoma, eu ligo a avisar, para que ele faça a viagem Lisboa – Porto tranquilo (?) e chegue a tempo de nos levar à maternidade.

(O meu único medo é a greve dos combustíveis!
Obrigo o P. a atestar o depósito sempre que pode, para garantir que chega ao Porto sem desvios.
Por isso, se o virem numa bomba de gasolina por Lisboa, lembrem-se de mim, e deixem-no passar à frente! 😉 )

Tic Tac… Semana 37
Resta-nos aguardar com calma o momento em que a Alice decida fazer-nos ainda mais felizes!

Não penso muito no parto, nem estou ansiosa que aconteça.
A Data Prevista para o Parto (DPP), quando completámos as 40 semanas é no dia 08 de Setembro, mas já temos consultas agendadas semanalmente até dia 13! É sempre uma incógnita! 

A médica já me deu ‘luz verde’ para caminhar, subir escadas, namorar muito com o P.(ai)! 😉
A bebé, na última ecografia, já estava com 2,700kg e posicionada para nascer quando quiser.

Será uma bebé de Agosto ou Setembro?
Vamos aos vossos palpites?

Eu tenho o “feeling” do dia 06 de Setembro…
O P. queria que fosse o quanto antes…
A tia Sara não quer que seja na semana de 23 a 30 de Agosto, para não ter a tentação de interromper as férias e sair a correr do Alentejo rumo ao Porto…

Só quero aproveitar esta bênção o máximo que puder!

“Obrigada filha por estes meses tão mágicos!
Ainda estás aqui dentro, e a M.(ãe) já sabe que vai morrer de saudades destes dias…
Agora só queremos que venhas cheia de saúde para o nosso lado, fazer a nossa vida ainda mais feliz!”

Mariana – @missfit.insta

Deixar uma resposta